Páginas

segunda-feira, 28 de março de 2016

S.Miguel - AÇORES

Muito embora tenha laços familiares que me ligam a esta ilha, nunca a tinha visitado.
De uma inegável beleza natural, o que verdadeiramente me encantou foi a serenidade que senti no isolamento de certas paisagens.
Ficou prometido voltar em breve e quando isso acontecer tentar conhecer a Alexandra Baptista!










quarta-feira, 16 de março de 2016

PRAGA

Esta cidade que se percorre com uma enorme facilidade a pé, nesta altura, não estava com a beleza adicional da neve (tinha derretido uma semana antes) e estava pejada de chineses fruto do acordo entre governos checo e chinês que estabeleceu 30 voos directos semanais  Praga/Pequim. Mesmo assim a beleza dos edifícios o traçado da cidade, a música e claro, as pontes, asseguram o charme que faz justiça à sua reputação.

Com grande pena, só consegui fazer dois desenhos no exterior, super rápidos devo dizer,  (qualquer temperatura abaixo dos 18º para mim é frio portanto 6º era muitíssimo frio) e experimentar os lápis aguarela que tinha acabado de comprar da KOH-I-NOOR.

Em ambiente mais acolhedor registei dois restaurantes italianos: A CASA DE CARLI, recomendado pelo Guia Michelin e o PEPENERO ambiente e comida genuinamente italiana, ambos no bairro judeu.













segunda-feira, 7 de março de 2016

KIAH KIEAN _Letra K do Alfabeto Lisboeta e Workshop


Para resumir o que aprendi nestes três dias fabulosos que o Alfabeto Lisboeta organizou, diria que o importante na técnica que o Kiah Kiean entusiasticamente partilhou connosco, é soltar a linha feita com pauzinhos molhados em tinta da china e deixar-nos guiar pelo coração de forma a criar uma composição onde os espaços em branco têm um papel fundamental e, para finalizar, destacar alguns elementos com manchas escuras que devem flutuar pelo desenho como uma melodia.

Difícil mas estimulante!